Drenagem Linfática Manual

Imprimir
PDF

Também conhecida como Linfodrenagem, este método de tratamento acelera a circulação linfática, através de movimentos suaves e lentos em pontos estratégicos do sistema linfático. A técnica é complexa, representada por um conjunto de manobras corporais e faciais muito específicas, com inúmeras indicações, entre elas: edemas, linfedemas, insuficiência venosa, T.P.M., pós-traumatismos, celulite, pré e pós-operatório e pós-mastectomia.

É uma técnica específica de massagem manual que exige formação adequada por parte do terapeuta. Para que seja realizada de um modo correto e com finalidade científica é importante o conhecimento da anatomia e funcionamento do sistema linfático e sua correta indicação. Esta técnica caracteriza-se por uns movimentos muito suaves e precisos, em forma circular e espiral e por um trabalho intensivo realizado nos centros de gânglios linfáticos.

O Sistema Linfático é parte do nosso sistema circulatório. Ele atua recolhendo resíduos de nossos tecidos e células, tendo um papel importante em nossa capacidade de defesa e imunidade. Bactérias, células mortas, água em excesso e outros resíduos são recolhidos pela linfa, o líquido que circula no sistema linfático. Da linfa, são transferidos para o sangue, que será filtrado pelos rins, que por sua vez eliminarão os resíduos através da urina. Gânglios linfáticos, que também fazem parte do sistema, possuem células poderosas no combate a infecções e inflamações, lutando contra bactérias, vírus e outros organismos e substâncias indesejáveis.

O principal objetivo da Drenagem Linfática é impedir a retenção de líquidos no organismo humano, e, conseqüentemente, melhorar a circulação deste e do sangue, aliviando as dores que seu acúmulo acarreta. Assim, com estes benefícios, este tipo de tratamento é indicado no combate de doenças como obesidade, bem como no tratamento de celulites, varizes e inchaços gerados pelo período de gestação. Além disso, também é indicado durante período pré e pós-operatório e para a redução do edema da tensão pré-menstrual – a famosa TPM.

É importante saber que Drenagem Linfática Manual não dói e não deixa hematomas. Se isso ocorrer indica que o estímulo foi muito agressivo e houve rompimento dos vasos e capilares venosos. Muitas pessoas confundem a Drenagem Linfática com a massagem modeladora, mas são técnicas totalmente diferentes.

Na massagem modeladora, a pressão das mãos é forte, podendo causar dor e pequenos hematoma em pessoas mais sensíveis, mas não é ideal aparecer hematomas.

Ao sentir dor em uma sessão de Drenagem Linfática deve-se parar imediatamente o procedimento e questionar o profissional responsável sobre a aplicação correta da técnica.

A Drenagem Linfática Manual verdadeira é suave, rítmica, lenta e precisa.